cuidado

cuidado
Dicas de prevenção contra o coronavírus

domingo, 31 de maio de 2020

Maranhão chega a 35 mil casos de Covid-19 e ultrapassa países da Europa

 Ao todo, 976 pessoas morreram em decorrência do novo coronavírus no estado.

O Maranhão chegou a 35.297 casos confirmados do novo coronavírus neste domingo (31), segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O número e maior do que o regisrado em países inteiros da Europa, como Suécia (35.088), Portugal (31.292) e Suíça (30.776).

Em 24 horas, foram 658 novos casos registrados. Ao todo, 976 pessoas morreram pela Covid-19 e 10.220 estão curados.

A SES fez uma correção e agora a doença atinge 212 dos 217 dos municípios maranhenses. Os municípios sem nenhum registro são Lagoa do Mato, Nova Iorque, São Félix de Balsas, Loreto e São Francisco do Maranhão.

Só neste domingo (31) foram 21 mortes pela Covid-19. Cinco ocorreram em Santa Inês; quatro em Imperatriz; três em São José de Ribamar; dois em São Luís e Bacabal; e um caso em Paulo Ramos, Tutóia, Esperantinópolis, Olho D’água das Cunhãs e Buriticupu .
Ficar em casa
Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.

Cuidados
Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
Por G1 MA

Imperatriz tem uma linda jovem disputando o título nacional de Miss Cadeirante 2020

Estou muito feliz pela oportunidade que me foi dada pela Lu Rufino de participar do Concurso MISS CADEIRANTE, o qual eu almejava muito antes do acidente.

Quero aqui agradecer aos compartilhamentos e curtidas na página e dizer que estou entre as candidatas com a maior quantidade de compartilhamentos. Mesmo estando em uma cadeira de rodas, isso não me faz menor do que ninguém.

Minha autoestima continuará me motivando a sempre lutar e estar de bem com a vida.

Desejo muito ganhar esse concurso e conto com a ajuda de Deus e de vocês.

Uma das formas de votações será através dos compartilhamentos e curtidas nas fotos das candidatas no Facebook.  vote no link abaixo, Dierlane de Carvalho nossa candidata de Imperatriz.

Jovem Açailandense morre em acidente na BR 010

O caso ocorreu aproximadamente as 03:00 horas da madrugada deste domingo dia 31 de maio, na BR 010, em um trecho que pertence a região da cidade de Ribamar Fiquene – MA, a vitima foi um morador de Açailândia identificado como Ricardo Araújo Sousa, conhecido popularmente pelo apelido de Boby.


Segundo as informações apuradas pelo Blog F5, Boby dirigia um caminhão tanque, que acabou colidindo em outro veiculo, diante da pancada, a cabine ficou danificada e o jovem preso nas ferragens, segundos depois começou um princípio de incêndio no caminhão, seguido de uma grande explosão que rapidamente espalhou o fogo pelo veiculo todo, o corpo de bombeiros chegou a ser acionado, porem quando os militares chegaram no local, nada mais podiam fazer para resgatar a vítima.

Após o controle do incêndio foi notado a destruição causada, e infelizmente o óbito confirmado, ainda não é possível saber se a morte de Ricardo foi em decorrência da colisão onde provavelmente ele sofreu algum trauma fatal, ou se foi decorrente do incêndio, a Policia Rodoviária Federal também esteve no local realizando os procedimentos de praxe, amigos usaram as redes sociais para lamentar a morte do jovem.
Do Blog f5 acailandia

Recuperados já são mais de duas vezes o número de infectados em Imperatriz

Dos 1.902 casos notificados, 1.291 (67.87%) já estão recuperados por alta
A soma de RECUPERADOS + INFECTADOS, dá 1.808 pacientes da região atendidos pelo sistema de saúde de Imperatriz que, só do Maranhão, pega de Barra do Corda a Carolina. Se somam a esse universo, 42, duas cidades do Norte do Tocantins e do Leste do Pará. Até sexta-feira, 29, eram 94 óbitos.

O dado animador é que há 10 dias a proporção de pessoas recuperadas vem se ampliando sobre o de infectadas; dia 29 de maio de 2020, do universo de infectados, 67.87% já estavam recuperados: eram 1.291 recuperados para 517 ainda infectados, no total de 1.902 casos notificados.

Necessário que as pessoas obedeçam à risca recomendações sanitárias: distanciamento (dois metros), uso constante de máscara de proteção e álcool em gel ou água e sabão para higienização das mãos CONSTANTEMENTE.
Outra constatação é a de que o número de infectados, quando se confirma, já vem bem defasado. A demora para a devolução do resultado continua grande. A cada lote de “resultados”, pelo menos um terço dos que estariam infectados já está recuperado.

PRF apreende 57 mil reais é três kg cocaína em painel de veículo

O condutor abandonou o veículo ao avistar a equipe policial. O dinheiro e a droga estavam no local destinado ao airbag_

No dia 30 de maio de 2020, sábado, por volta das 14h, na Unidade Operacional da PRF em São Luís, uma equipe que se encontrava de serviço em virtude da Operação Tamoio procedeu buscas em um Fiat Siena, cor prata, que havia sido abandonado no turno anterior da mesma equipe, no km 93 da BR-135, município de Itapecuru Mirim, e foi levado por um guincho para a UOP PRF de Pedrinhas.

Durante buscas no interior do veículo os policiais encontraram R$ 57.000,00 (cinquenta e sete mil reais) em espécie, junto com 03 (três) volumes de uma substância análoga à cocaína em pó, que pesou aproximadamente 3,3 kg, tudo localizado no painel do veículo, no compartimento do airbag do carona.

*como aconteceu a abordagem*

No dia 26/05/2020, no km 94 da BR 135, por volta das 16h45min, uma equipe PRF se delocacava no sentido crescente, quando observou um veículo Fiat/ Siena, de cor prata, realizando ultrapassagem em faixa contínua amarela, no sentido contrário ao deslocamento da viatura. Após ordem de parada, o condutor do siena empreendeu fuga em alta velocidade.

A equipe fez manobra de retorno e passou a realizar acompanhamento tático. Logo à frente, no Km 93, decrescente, os policiais avistaram o referido veículo abandonado no acostamento. Tendo o condutor, inclusive, levado a chave. Moradores locais presenciaram o fato e afirmaram que o indivíduo adentrou na mata. Os policiais também entraram na mata atrás do suspeito, porém sem êxito.

Diante da situação, a equipe conseguiu um guincho e encaminhou o veículo para a Unidade Operacional de Pedrinhas para uma revista minuciosa. Mas não o fez no mesmo dia em razão do veículo ter chegado tarde da noite na UOP, estando ainda com mau cheiro devido a uma carne estragada que estava sendo transportada quando o veiculo foi abandonado. No sábado, após limpeza e desinfecção do veículo, os policiais fizeram a fiscalização minuciosa e a consequente descoberta do dinheiro e da droga.

O veículo envolvido na ocorrência encontra-se à disposição da Polícia Federal na UOP de Pedrinhas, ao passo que o dinheiro e a droga foram encaminhados à Polícia Federal na Cohama, em São Luís.

Enquadramento: tráfico de drogas.

*Emergência ligue 191*
Polícia Rodoviária Federal
Sistema de Comunicação Social

Imperatrizenses é encontrado carbonizado em carro em Eldorado de Carajas(Pa)

No total foram três corpos carbonizados
Informações que uma das vítimas é de Imperatriz-Ma, James seria o primeiro nome, o mesmo era conhecido por apelido "gordin"(foto).
Ainda não temos informações das outras duas vítimas.
Um dos corpos estava no porta malas do veículo, um automóvel Chevrolet Ônix, outro no banco de trás e o terceiro no banco do motorista.
Por volta da 13h50 de quinta-feira (28), a Polícia Militar foi informada sobre um veículo queimado, com três corpos carbonizados, na Vicinal da Fazenda Vitória, às margens do Rio Vermelho, na Rodovia BR-155, a zona rural de Eldorado dos Carajás.
Do Blog Norticia da foto

Maranhão alcança 34,6 mil casos do novo coronavírus em 98% dos municípios


Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) neste sábado apontam ainda 955 óbitos pela doença.
O Maranhão chegou a 34.639 casos confirmados do novo coronavírus nesta sábado (30), segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES). São 955 óbitos pela Covid-19 e 8.965 estão curados.

A doença atinge 213 dos 217 dos municípios maranhenses, o que equivale a 98% de todas as cidades. Os municípios sem nenhum registro são Nova Iorque, São Félix de Balsas, Loreto e São Francisco do Maranhão.

Em apenas 24 horas, apenas os municípios da Grande São Luís (São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar) tiveram 287 novos casos, assim como Imperatriz registrou 77 casos e os demais municípios tiveram 1.655.

Das 23 mortes confirmadas neste sábado (30), três aconteceram em São Luís e São Mateus do Maranhão; dois em Imperatriz, São José de Ribamar e Barreirinhas; e um caso nas cidades de Pedreiras, Alto Alegre do Maranhão, Santa Inês, Santa Quitéria do Maranhão, Governador Edson Lobão, Chapadinha , Pinheiro, Trizidela do Vale, Lago da Pedra, Raposa, Buriticupu.
Ficar em casa
Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.
Cuidados
Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
Por G1 MA

sábado, 30 de maio de 2020

Apenas quatro municípios não têm casos confirmados de Covid-19 no Maranhão, diz SES

Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) mostram estado tem 32.620 casos confirmados da doença e 932 óbitos.
O Maranhão chegou a 32.620 casos confirmados do novo coronavírus nesta sexta-feira (29), como aponta o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES). São 932 óbitos pela Covid-19 e 8.639 estão curados. A doença chegou na maioria dos municípios do estado.

Segundo o boletim da SES, apenas quatro dos 217 municípios maranhenses não tem casos confirmados. Os municípios sem nenhum registro são São Félix de Balsas, Nova Iorque, Loreto e São Francisco.

O boletim aponta ainda que os municípios da Grande São Luís (São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar) tiveram 209 casos novos nas últimas 24h, assim como Imperatriz registrou 97 e os demais municípios tiveram 1.832.

O boletim informa ainda 21 mortes confirmadas nas últimas 24h por conta da doença, sendo sete em Imperatriz. Os outros municípios com mortes confirmadas foram São Luís (2), São Mateus (3), Zé Doca, São José de Ribamar, São Bernardo, Santa Inês, Olho d'Água das Cunhãs, Monção, Codó, Chapadinha e Barra do Corda.
O Maranhão tem 8.639 pessoas curadas da Covid-19 e 23.049 estão em tratamento contra a infecção causada pelo novo coronavírus, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgados na noite desta sexta-feira (29). São ao todo 32.620 casos confirmados em 213 municípios e 932 óbitos pela doença.

A SES informou ainda que 1.049 profissionais de saúde foram infectados, 963 estão curados, mas 18 morreram por conta da Covid-19.

Foram realizados 52.012 testes laboratoriais para o diagnóstico da doença em laboratórios públicos e privados, segundo a secretaria. São monitorados 1.730 casos suspeitos e 19.441 foram descartados.

Das pessoas em tratamento, 21.688 estão em isolamento domiciliar, 896 estão em enfermarias e 465 estão em leitos de UTI.
Ficar em casa
Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.
Cuidados
Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
Por G1 MA

sexta-feira, 29 de maio de 2020

Aulas presenciais serão retomadas no Maranhão: saiba como será o retorno das atividades

As aulas presenciais ficam suspensas até o dia 14 de junho. Após esse período, haverá a retomada gradual das atividades educacionais, seguindo medidas de segurança.

Em novo decreto editado nesta sexta-feira (29), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), determinou a retomada gradual das aulas no Maranhão, a partir do dia 15 de junho.

Com base no decreto, poderão retomar suas atividades as escolas da rede estadual, o Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (lEMA), a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), a Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL) e as instituições de ensino das redes municipais e as escolas e instituições de ensino superior da rede privada no Maranhão.

Segundo o decreto, as aulas presenciais nas instituições de ensino ficam suspensas até o dia 14 de junho. Após esse período, haverá a retomada gradual das atividades educacionais, seguindo medidas de segurança, necessárias à contenção da pandemia da Covid-19.

A retomada das aulas será dividida em etapas de acordo com o nível de ensino, sendo:

1ª Etapa: cursos de graduação e pós-graduação;
2ª Etapa: escolas de ensino médio;
3ª Etapa: escolas de ensino fundamental;
4ª Etapa: escolas de educação infantil;
5ª Etapa: instituições educacionais de idiomas, bem como de educação complementar.
Todas as instituições de ensino deverão retomar as aulas começando das séries mais avançadas (terceiras séries do ensino médio e períodos finais das instituições de ensino superior) para as iniciais.

Segundo o decreto estadual, até o dia 14 de junho serão avaliadas, diariamente, as condições epidemiológicas estaduais, para que o governo determine as datas do retorno das aulas em cada nível de ensino.

Com base no decreto, a retomada gradual das aulas poderá ser feita de forma regionalizada no estado, dependendo das condições epidemiológicas de cada localidade.

Ao retomarem suas atividades, as unidades de ensino deverão adotar os seguintes protocolos de saúde:

Distribuir kits de higiene e desinfecção para os estudantes, professores e demais funcionários. Os kits devem conter máscaras de proteção, álcool 70% e copo de uso individual ou descartável.
Haver a organização dos horários de entrada e saída de séries e turmas, para evitar aglomeração.
Reduzir a quantidade de estudantes em cada turma, considerando a capacidade da sala de aula e respeitando a distância mínima de 1,5 m entre estudantes e profissionais
Demarcar o distanciamento nas filas das lanchonetes e restaurantes, bem como providenciar a higienização adequada nesses espaços;
Fazer a aferição diária da temperatura de todos que estudam ou trabalham no ambiente escolar;
Desinfectar diariamente, com produtos adequados ao combate da Covid- 19, superfícies e locais utilizados rotineiramente nas instituições de ensino;
Orientar as famílias dos estudantes sobre a verificação de sintomas da Covid-19, alertando sobre a necessidade de informar imediatamente a direção/gestão escolar caso o aluno sinta algum dos sintomas da doença.
O decreto estabelece, ainda, que as instituições poderão fazer rodízio, em dias da semana, de estudantes e professores, para possibilitar a redução do número de estudantes por turma e o distanciamento mínimo de 1,5 m.

Se houver a adoção do rodízio, será preciso oferecer atividades remotas não presenciais ao estudante, nos dias em que ele não estiver presencialmente na instituição de ensino.

As instituições também devem criar coordenações de saúde entre os estudantes, para que eles atuem na conscientização dos demais colegas quanto a necessidade de cumprir as medidas sanitárias estabelecidas pelas autoridades de saúde. Essas normas devem ser fixadas nas salas de aulas e nos demais espaços do ambiente escolar, para que todos tenham conhecimento.

Quanto aos alunos e funcionários classificados como grupo de risco, eles deverão continuar realizando suas atividades de forma remota.

Avaliações, atividades esportivas e formatura
O decreto do governo do estado estabelece que as avaliações presenciais nos cursos de graduação e pós-graduação só podrão ser aplicadas se não houver possibilidade de realizá-las a distância, seguindo todas as medidas sanitárias.

Quanto as atividades esportivas presenciais, elas continuarão proibidas. Já as solenidades de formatura dos ensinos médio e superior deverão ocorrer de forma virtual, por meio de videoconferências.

Apoio psicológico
A rede estadual de ensino deverá promover, no retorno as aulas, o acolhimento socioemocional dos alunos, para ajudar com os problemas de ansiedade ou angústia gerados pelo longo tempo de isolamento em casa e possíveis perdas de familiares por causa da pandemia.

O trabalho de acolhimento socioemocional poderá contar com o apoio de equipe psicológica da escola ou por meio de parcerias com as Secretarias de Saúde, instituições de ensino superior ou com o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) dos municípios.

Além disso, a rede estadual de ensino deverá fazer avaliação para identificar a defasagem de aprendizagem dos alunos e possibilitar o encaminhamento deles para o reforço escolar.
Por G1 MA

Governador do Maranhão anuncia reabertura gradual de setores não essenciais e projeta data para volta das escolas

Flávio Dino, governador do Maranhão — Foto: TV Mirante
Liberações de instituições de ensino serão escaladas iniciando pelas graduações e pós-graduações até chegarem as unidades de ensino infantil.

Em entrevista coletiva realizada pela internet na manhã desta sexta-feira (29), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), divulgou novas medidas dentro do contexto do novo coronavírus no estado. Dino informou que divulgará decreto nas próximas horas com protocolos de reabertura gradual de diversos setores considerados não essenciais. O governador projetou ainda a volta das instituições de ensino a partir do próximo mês.

A reabertura dos setores não essenciais terão processo iniciado a partir desta segunda-feira (1). Cada setor terá um protocolo específico para funcionamento, assim com datas distintas. Dino adiantou que academias, práticas esportivas profissionais e shoppings seguem vetados.

Flávio Dino divulgou ainda que a projeção para abertura de instituições de ensino é para o dia 15 de junho. De acordo com o governador existirão liberações escaladas que começarão pelas graduações e pós-graduações até chegarem as unidades de ensino infantil.

As instituições deverão também seguir com parte da carga horária não presenciais. Medidas de diminuição de encontro de turmas também deverão ser realizadas. A intenção do governo é seguir com esse protocolo pelo menos até agosto.
Por G1 MA

Grupo é preso com 25 cartões e R$ 22 mil em dinheiro sacados em agência da Caixa, em São Luís

Material apreendido pela polícia com quatro homens 
nesta sexta (29),em São Luís — Foto: Divulgação/Polícia Militar
Com os quatro homens, a polícia também encontrou carteiras de identidade, títulos de eleitor e dois celulares.

A Polícia Militar prendeu na manhã desta sexta-feira (29), em São Luís, quatro homens com 25 cartões, sendo 16 do Bolsa Família. Eles foram identificados como Raimundo Ivanildo, Ivanildo Marcelo, José Ribamar e Martinho Carlos.

Segundo a PM, o grupo estava trajando vestimentas específicas e realizavam vários saques com cartões diferentes na agência da Caixa da Praça Deodoro e seguiam para a Rua do Passeio.

Com os quatro homens, a polícia também encontrou carteiras de identidade, títulos de eleitor, dois celulares e mais de R$ 22.698 em dinheiro. Todos foram levados para a sede a Polícia Federal, na Cohama.
Por G1 MA

Maranhão tem 911 óbitos 8.064 curados e mais de 30 mil casos confirmados de Covid-19

 Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) mostram que Imperatriz teve mais casas de morte confirmados nas últimas 24h com sete ocorrências.
O Maranhão teve 24 mortes confirmadas nas últimas 24h por conta da Covid-19 e segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), o município com mais ocorrências foi Imperatriz. O boletim divulgado na noite desta quinta-feira (28) revela 30.482 casos confirmados, 911 óbitos e 8.064 curados da doença no estado.

As mortes foram em Imperatriz (7), São Luís (2), São Bernardo (2), São Mateus (2), Pinheiro (2), Bequimão (2), Cantanhede, Lago da Pedra, Amarante, Paço do Lumiar, Bom Jardim, Luís Domingues e Axixá.

O boletim epidemiológico da SES confirma que 211 dos 217 municípios maranhenses tem casos confirmados da Covid-19.

Nas últimas 24h, 2.503 casos novos foram registrados no estado, sendo que 267 foram na Ilha São Luís (São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar), 81 em Imperatriz e 2.155 nos demais municípios.

O estado segue com 21.207 pessoas em tratamento (casos ativos) e 1.621 em monitoramento por suspeita de infecção pelo novo coronavírus.

Ficar em casa
Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.
Cuidados
Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
Por G1 MA

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Maranhão tem 19.975 casos confirmados e 887 mortes e 7.117 curados por Covid-19


Dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e mostram que o estado está com 19.975 casos ativos, sendo que a maioria está em isolamento domiciliar.
O Maranhão tem casos 27.979 confirmados do novo coronavírus em 210 dos 217 municípios do estado. O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgado nesta quarta-feira (27) mostra ainda que são 887 mortes e 7.117 curados da Covid-10.

O relatório da SES diz que 19.975 estão em tratamento. Nas últimas 24h, 1.834 casos novos foram registrados no estado, sendo que 123 foram na Grande São Luís, 114 foram em Imperatriz e 1.597 foram em outros municípios.

Nas últimas 24h, foram confirmados 34 óbitos pela doença nos municípios de São Luís (8), Paço do Lumiar (2), Lago da Pedra (3), Zé Doca, Timon, João Lisboa, Montes Altos, Itinga, Grajaú (2), Peritoró, Pedreiras, Imperatriz, Lima Campos, Turilândia, Estreito, Pinheiro, Boa Vista do Gurupi, Davinópolis, Esperantinópolis, Buritirana, Bom Jardim, Bequimão e Bacabal.
Ficar em casa
Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.
Cuidados
Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
Por G1 MA

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Secretário de Saúde fala sobre aumento de casos e mortes por coronavírus no MA: 'Preocupante

Secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, fala sobre 
o aumento de casos da Covid-19 no estado. 
 Foto: Reprodução/TV Mirante
 Em entrevista à TV Mirante nesta quarta-feira (27), Carlos Lula disse que não há uma razão específica para aumento dos casos. Secretário afirmou que estado tem um 'delay' na divulgação dos óbitos pela Covid-19.
Em entrevista à TV Mirante nesta quarta-feira (27), o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, falou sobre o aumento no número de casos e mortes pelo novo coronavírus registrado no último boletim divulgado pela pasta na noite de terça-feira. Em 24 horas, foram notificados mais de 1,8 novos casos da Covid-19, sendo a maioria deles em cidades do interior do estado.

De acordo com Carlos Lula, o estado tem um atraso de uma a duas semanas na divulgação dos óbitos por Covid-19, já que há uma preferência para a testagem de pacientes que estão internados em unidades de Saúde no Maranhão. Ele explicou que nem sempre os óbitos divulgados no boletim aconteceram naquele dia, mas reconhece que é um número alto de óbitos relacionados somente a uma única doença.

"A gente tem um atraso, de uma a duas semanas na divulgação dos óbitos, porque temos uma fila de pessoas para realizar os exames e nós temos prioridades. As prioridades são pessoas que estão internadas em hospitais. Por isso temos esse atraso e quando divulgam os óbitos, não são necessariamente óbitos que aconteceram naquele dia, mas cujo o resultado dos exames foram divulgados naquele dia. Ainda sim, é um número alto, principalmente por somente a uma doença e nos assusta e nosso objetivo é tentar diminuir essa taxa de mortalidade", explicou.
Sobre o aumento de casos, Lula disse que não é possível apontar uma única razão para o aumento de casos no estado, mas ele acredita, que o aumento na circulação das pessoas nas ruas, após o fim do 'lockdown' e a ida de muitas pessoas para o interior do estado antes da medida, pode ser uma algumas das razões para o crescimento dos números.

Para o secretário, a reabertura parcial do comércio, em funcionamento há três dias na Grande Ilha de São Luís, tem preocupado as autoridades de saúde, principalmente pelo aumento das aglomerações.

Ele afirmou que caso seja registrado um aumento dos casos na Ilha, o governo pode adotar novas medidas restritivas na região, como já havia anunciado o governador Flávio Dino (PCdoB). O objetivo é evitar que não ocorra um aumento de casos ao mesmo na capital e no interior do estado.

"A abertura do comércio traz preocupação para a gente também, mas nós temos que levar em consideração outra coisa que é o esgotamento da sociedade em ficar muito tempo trancada. A gente vai ter que ficar monitorando isso dia a dia, se necessário a gente vai adotar outra medida restritiva. Se a gente precisar adotar novamente o 'lockdown', a gente vai adotar. O que a gente não pode ter uma explosão muito grave ao mesmo tempo de casos na capital e no interior do estado, o que está acontecendo agora e tudo ao mesmo tempo", disse Carlos Lula.
Dependência de medidas restritivas
Carlos Lula falou sobre sua preocupação com a dependência da população na adoção de medidas restritivas por parte do estado. O secretário citou como exemplo o Uruguai, que não adotou medidas de isolamento social obrigatório, mas mesmo assim, possui uma taxa acima de 70%. Para ele, a sociedade precisa entender a importância das medidas de forma autônoma, sem precisar da força do estado para que elas sejam impostas.

"Eu fico preocupado como a gente está dependendo o tempo todo da coerção do estado, quando as pessoas tão pedindo pro estado adotar mais medidas restritivas. A precisa relembrar para o Brasil a nossa noção de civilidade, o melhor país da América Latina que tenha sido o melhor exemplo de combate à Covid-19, é o Uruguai. Lá não tem a quarentena obrigatória e o isolamento social é de mais de 70%, é muito maior do que o Brasil e qualquer cidade brasileira adotou o 'lockdown'. A melhor resposta que vai ter que é quando a sociedade conseguir encarar isso, sem a força do estado, fazer isso de forma autônoma e entender que é importante ficar em casa para resguardar a si e aos seus", afirmou.
Base de dados para Covid-19
Durante a entrevista, o secretário explicou a razão da divergência de números de casos e mortos pela Covid-19 que estão sendo divulgados pelos municípios em relação da secretaria de Saúde. Ele explicou, que o sistema do Ministério da Saúde que é usado pelas cidades tem instabilidades, o que atrasa na atualização dos números.

Por conta disso, até a sexta-feira (22), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) deve lançar um sistema único de coleta de dados para tentar diminuir a diferença entre os números.
"A gente vai lançar, até sexta-feira, uma base de dados própria da Secretaria da Saúde para que a gente tenha condição dos municípios lançarem nessa base e a gente tenha confiança ao lançar os dados. Por ser um sistema do Ministério da Saúde e atender o Brasil inteiro, eu acredito que tenha muita instabilidade e isso pode dificultar o lançamento dos dados. Nosso objetivo é diminuir esse 'delay' do boletim que é lançado pela secretaria e pelas secretariais municipais", finalizou.

Coronavírus no Maranhão
Nesta terça-feira (26), o Maranhão chegou a 26.145 pacientes diagnosticados com o novo coronavírus, 853 mortos pela Covid-19 e a 6.664 curados da doença, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Em 24 horas, foram registrados 1.867 novos casos de infecção pelo vírus no estado.

De acordo com a SES, foram notificados 36 óbitos pela doença nas cidades de Codó, Anajatuba, Santo Antônio dos Lopes, Santa Helena, Lago da Pedra, Esperantinópolis, Presidente Sarney, São Bento, Araioses, São José de Ribamar, Imperatriz e São Luís.

Ao todo, o Maranhão já realizou 43.697 testes para o novo coronavírus na rede pública e privada de saúde, segundo a SES.
Por G1 MA

Templos religiosos e academias voltam a funcionar na segunda maior cidade do Maranhão

 De acordo com o decreto municipal, a flexibilização garante o funcionamento dos locais com apenas 30% da capacidade de atendimento e diante de medidas sanitárias.


A partir desta quarta-feira (27), está permitido o funcionamento de templos religiosos e academias em Imperatriz, a segunda maior cidade do Maranhão.

A medida de flexibilizações na oferta de serviços e produtos foi estabelecida por meio de novo decreto municipal, que entrou em vigor nesta quarta e define regras de distanciamento para conter o avanço da Covid-19.

A flexibilizações do comércio na cidade fazem parte das ações da Prefeitura de Imperatriz, iniciadas há uma semana, de retomada das atividades econômicas no município. De acordo com o decreto, a flexibilização garante o funcionamento dos locais com apenas 30% da capacidade de atendimento e diante de medidas sanitárias rigorosas.

Funcionamento das igrejas
Os templos religiosos só poderão funcionar se obedecerem as seguintes normas:
 Atender apenas 30% da capacidade de assentos
Ter o respectivo respeito ao distanciamento mínimo de dois metros entre pessoas
Todas as pessoas terão que usar máscara de proteção individual
Não pode haver aglomeração em períodos que antecedem ou sucedem as celebrações, mesmo nas áreas externas aos templos.

Esporte
As academias de ginásticas poderão funcionar, mas desde que:
Usem áreas de 20 metros quadrados por pessoas
Haja distância mínima entre alunos e professores
Haja ocupação máxima de 30% da capacidade do ambiente
Se evite o compartilhamento de aparelhos e objetos
E haja higienização obrigatória de cada aparelho após uso
Cinema e teatro só poderão funcionar em sistema de drive-in (com os espectadores dentro de carros).

Reabertura de restaurantes
Os restaurantes poderão funcionar a partir do dia 28 de maio, exceto na modalidade de buffet (no quilo) e os das praças de alimentação dos shopping centers. Nos demais casos, podem funcionar desde que:

Haja ocupação máxima de apenas 30% da capacidade descrita no alvará de segurança
Não pode ter mais do que duas pessoas por mesa
Deve haver higienização completa (álcool em gel ou similar) das superfícies entre a mudança de usuários
Deve haver a medição de temperatura na entrada (acesso proibido a partir de 37,3ºC)
Os estacionamentos são limitados a 30% das vagas
E é terminantemente proibida a venda de bebida alcoólica
Shoppings
Também a partir do dia 28 começarão a funcionar os shoppings centers, com limitações por categoria e tamanho de loja, medição de temperatura na entrada e estacionamentos reduzidos a 30% de suas capacidades. O funcionamento será em horário normal, 10h às 22h, e está proibida a disposição de mesas e cadeiras na praça de alimentação.

Fiscalização
Para que se cumpra as medidas de segurança nos locais que já podem funcionar, a Prefeitura de Imperatriz afirma que a fiscalização estará nas ruas a partir das primeiras horas, para orientar e, se for o caso, punir os infratores.
Reabertura gradual do comércio em Imperatriz
A reabertura gradual do comércio em Imperatriz começou no último dia 18 de maio, por meio de determinação da prefeitura da cidade, que permitiu a flexibilização, com o comércio em geral funcionando das 8h às 18h.

O prefeito Assis Ramos justificou a medida como sendo uma forma de reduzir os impactos econômicos da pandemia na cidade.

“Temos que dar fôlego para a economia. A verdade é que desde o início da pandemia, todas as restrições que nós temos tomado, não tem resolvido, cada dia que passa, aumenta o número de casos. A gente muda a estratégia, na tentativa de ver se os números diminuem e dá fôlego para a economia que já está bem abatida”, afirmou.
Ainda segundo o gestor, a decisão de flexibilizar as medidas restritivas tem como base o fato de o comércio estar funcionando de forma clandestina.

“O comércio de Imperatriz, mesmo com o decreto, mesmo com a fiscalização, ele nunca parou de funcionar. Os comerciantes continuam funcionando suas lojas a meia porta, colocam as pessoas dentro e depois fecham, de forma que a exposição para o vírus é pior ainda”, alega.
Assis Ramos afirmou que a prefeitura iria exigir que os empresários tomassem as medidas necessárias de proteção e que a fiscalização não iria recuar, pois não era uma abertura total e sim gradual.

Coronavírus em Imperatriz
Segundo o último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado na noite desta terça-feira (26), Imperatriz chegou a 1610 casos de infectados pela Covid-19, com 79 mortes confirmadas.

Quanto aos leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 na cidade, a taxa de ocupação é de 94,44%. Dos 54 leitos de UTI oferecidos, apenas 3 estão desocupados. Quanto aos leitos clínicos, 100% estão ocupados em Imperatriz.

Coronavírus no Maranhão
Nesta terça-feira (26), o Maranhão chegou a 26.145 pacientes diagnosticados com o novo coronavírus, 853 mortos pela Covid-19 e a 6.664 curados da doença, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Em 24 horas, foram registrados 1.867 novos casos de infecção pelo vírus no estado.

De acordo com a SES, foram notificados 36 óbitos pela doença nas cidades de Codó, Anajatuba, Santo Antônio dos Lopes, Santa Helena, Lago da Pedra, Esperantinópolis, Presidente Sarney, São Bento, Araioses, São José de Ribamar, Imperatriz e São Luís.

Ao todo, o Maranhão já realizou 43.697 testes para o novo coronavírus na rede pública e privada de saúde, segundo a SES.
  
Ficar em casa
Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.

Cuidados
Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
Por G1 MA 

Homem é preso transportando 2 kg de cocaína na BR-135 em Peritoró

Droga estava sendo transportada em ônibus 
que fazia linha São Paulo (SP) para Codó (MA) 
 Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão
Droga foi apreendida pela Polícia Civil em ônibus que havia saído de São Paulo e seguia para Codó, cidade no interior do Maranhão.

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) apreendeu nesta terça-feira (26), aproximadamente 2 kg de cocaína no município de Peritoró, localizado a 236 km de São Luís. Um homem, suspeito de transportar a droga, foi preso durante a operação.

A droga foi apreendia durante uma abordagem realizada na BR-135. Durante a operação, um ônibus que fazia linha São Paulo para Codó, no Maranhão, foi parado e os policiais iniciaram uma revista na mala dos passageiros.

De acordo com a polícia, um passageiro apresentou sinais de nervosismo e chamou a atenção dos policiais. Após uma busca na mala do suspeito, a droga foi encontrada escondida em um caixa de filtro de ar para veículos.

O suspeito foi preso em flagrante e levado para a Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC) em São Luís. Ele foi autuado pelo crime de tráfico interestadual de drogas, já que a cocaína estava sendo transportada do município de Caldas Novas, em Goiás, para o Maranhão.

Em seguida, ele foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará à disposição da Justiça.
Por G1 MA 

Em 24 horas, Maranhão registra 1.867 novos casos e chega a 26,1 mil infectados pelo novo coronavírus

 Dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta terça-feira (26). Com a nova atualização, o estado chegou a 853 mortos pela Covid-19.


Nesta terça-feira (26), o Maranhão chegou a 26.145 pacientes diagnosticados com o novo coronavírus, 853 mortos pela Covid-19 e a 6.664 curados da doença, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Em 24 horas, foram registrados 1.867 novos casos de infecção pelo vírus no estado.

De acordo com a SES, foram notificados 36 óbitos pela doença nas cidades de Codó, Anajatuba, Santo Antônio dos Lopes, Santa Helena, Lago da Pedra, Esperantinópolis, Presidente Sarney, São Bento, Araioses, São José de Ribamar, Imperatriz e São Luís.

O boletim aponta que dos novos casos notificados, 297 foram na Grande Ilha de São Luís, 104 em Imperatriz e 1.466 em outros municípios do Maranhão. O número de casos suspeitos caiu e chegou a 1.026.

Dos pacientes infectados pelo novo coronavírus, 17.176 estão cumprindo isolamento domiciliar, 984 estão internados em leitos de enfermaria e 468 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

A secretaria afirma que desde o início do monitoramento da Covid-19 no estado, 940 profissionais da saúde foram infectados pela doença. Deste número, 830 se recuperaram e 17 morreram.

Ao todo, o Maranhão já realizou 43.697 testes para o novo coronavírus na rede pública e privada de saúde.
Mortes por Covid-19 no Maranhão
Foram notificadas novas mortes pela Covid-19 nas cidades de Codó (1), Anajatuba (1), Santo Antônio dos Lopes (1), Santa Helena (1), Lago da Pedra (1), Esperantinópolis (1), Presidente Sarney (1), São Bento (1), Araioses (2), São José de Ribamar (3), Imperatriz (11) e São Luís (12).
Ficar em casa
Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.

Cuidados
Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
Por G1 MA

terça-feira, 26 de maio de 2020

NOTA DE PESAR. Câmara Municipal de Imperatriz lamenta o falecimento do companheiro de trabalho Juscelino da Silva Lucena

NOTA DE PESAR

É com grande pesar e consternação que a Câmara Municipal de Imperatriz, em nome de todos os vereadores e servidores, lamenta o falecimento do companheiro de trabalho Juscelino da Silva Lucena, ocorrido na tarde desta terça-feira, 26 de maio de 2020, no Hospital Santa Mônica em Imperatriz, aos 51 anos, muito jovem. Mais uma vítima do terrível covid-19.

Juscelino era escriturário e dos servidores mais antigos. Cuidava de toda a parte burocrática de tribunas, comissões, audiências e sessões. Seu registro data de 1983 quando foi efetivado, mas já trabalhava na Câmara anteriormente, onde teve seu primeiro serviço com carteira assinada. Começou como zelador e atualmente coordenava o Departamento das Comissões Permanentes. Foram quase 40 anos de trabalho no poder legislativo, onde sempre foi alegre, comunicativo, ético e de postura incontestável. Teve uma vida dedicada à causa pública. Foi candidato a vereador e sempre dizia que um dos seus sonhos era se tornar um parlamentar-mirim. Foi líder comunitário e envolvido no meio político com grande atuação social no seu bairro.

“Venho prestar minha solidariedade à família e aos amigos do servidor e amigo Juscelino. Um homem público que na simplicidade do seu trabalho e pela sua dedicação, estava sempre à disposição para ajudar em toda e qualquer situação. Tive o privilégio de ter ele ao meu lado em todos os mandatos, dando orientação e auxílio.  Desejo que a família encontre o conforto na fé e a força para a superação de tão grande perda no Deus todo poderoso. A todos os meus mais sinceros sentimentos neste momento tão difícil, que nos atinge de forma tão inesperada.”

Juscelino enfrentou a doença bravamente e desde domingo estava na UTI. Hoje teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. Deixa esposa, três filhos, familiares, amigos e companheiros de trabalho em profundo luto. Em virtude de seu falecimento, o Poder Legislativo não terá atividades nesta quarta-feira

Imperatriz, 26 de maio de 2020.

José Carlos Soares Barros
Presidente da Câmara Municipal de Imperatriz

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Maranhão chega a 24,2 mil infectados e tem 817 mortos pelo novo coronavírus

 Dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta segunda-feira (25). Em 24 horas, o estado registrou mais de 1,4 mil casos do novo coronavírus.


O Maranhão chegou a 24.278 mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus e 817 óbitos pela Covid-19 e 5.941 recuperados da doença. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e foram divulgados nesta segunda-feira (25).

O boletim aponta que foram registradas 33 novas mortes nos municípios de Anajatuba, Apicum Açú, Timon, Urbano Santos, Lago da Pedra, Olinda Nova do Maranhão, Presidente Dutra, São João Batista, Santo Antônio dos Lopes, São Bento, Brejo, Carutapera, Zé Doca, Godofredo Viana, São José de Ribamar, Chapadinha, Mirinzal e São Luís.

De acordo com a SES, 172 casos foram registrados na Grande Ilha de São Luís (São Luís, São José de Ribamar e Paço do Lumiar), 75 em Imperatriz e 1.245 nos demais municípios do Maranhão.

Dos números totais, 17.520 mil pacientes estão ativos, ou seja, estão em tratamento contra a Covid-19. Deste número, 16.017 cumprem isolamento domiciliar, 1.034 estão internados em leitos enfermarias e 469 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

A secretaria afirma que 921 profissionais da saúde foram infectados pela Covid-19 no Maranhão, dos quais 800 já estão recuperados e 17 morreram.

Até o momento, 1.118 pacientes seguem sob suspeita e já foram realizados 40.562 testes para a doença no estado.
Mortes por Covid-19 no Maranhão
De acordo com a SES, foram confirmadas mortes nos municípios de Anajatuba (1), Apicum Açú (1), Timon (1), Urbano Santos (1), Lago da Pedra (1), Olinda Nova do Maranhão (1), Presidente Dutra (1), São João Batista (1), Santo Antônio dos Lopes (1), São Bento (1), Brejo (2), Carutapera (2), Zé Doca (2), Godofredo Viana (2), São José de Ribamar (2), Chapadinha (3), Mirinzal (3) e São Luís (7).

 Ficar em casa
Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.

Cuidados
Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
Por G1 MA

Maranhão tem mais de 22,7 mil infectados e 784 mortes e 5.271 pessoas curadas por Covid-19


Dados foram divulgados na noite deste domingo (24) pela Secretaria de Saúde (SES). Ao todo, mais de 5 mil pessoas já foram curadas da doença no estado.
O Maranhão alcançou a marca de 22.786 mil pacientes infectados pelo novo coronavírus, 784 mortes por Covid-19 e 5.271 pessoas curadas pela doença. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado na noite deste domingo (24) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Dos novos casos confirmados, 449 são da Grande Ilha de São Luís, 50 em Imperatriz e 1.096 em outras regiões do Maranhão. Foram registrados 30 óbitos por Covid-19 nas cidades de Anapurus, Carutapera, Mata Roma, Coelho Neto, Brejo, Vitória do Mearim, Imperatriz, Pastos Bons, Santa Quitéria, Paulino Neves, Timon, Tutóia, Paço do Lumiar, Barra do Corda, Lago da Pedra e São Luís.

De acordo com a SES, 15.212 pacientes estão em isolamento domiciliar, 1.056 internados em enfermarias e 463 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). A secretaria afirma que 902 profissionais da saúde foram infectados pela doença, deste número, 747 se recuperaram e 17 morreram.

Ao todo, o Maranhão possui 1.394 pacientes sob suspeita e mais de 38 mil testes para Covid-19 já foram realizados.
Mortes por Covid-19 no Maranhão
De acordo com a SES, foram confirmadas mortes nos municípios de Anapurus (1), Carutapera (1), Mata Roma (1), Coelho Neto (1), Brejo (1), Vitória do Mearim (1), Imperatriz (1), Pastos Bons (1), Santa Quitéria (1), Paulino Neves (1), Timon (1), Tutóia (2), Paço do Lumiar (2), Barra do Corda (3), Lago da Pedra (6) e São Luís (6).
Ficar em casa
Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.

Cuidados
Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
Por G1 MA

Jovem é assassinado a golpes de faca em Açailândia

Este caso ocorreu na madrugada deste domingo dia 24 de Maio, e teve como vítima fatal um jovem da Vila Capelosa,  identificado como Gabriel Brito, as informações dão conta que o jovem estava com um grupo de amigos, quando iniciou uma discussão com o algoz, em meio ao momento de fúria, o assassino ainda não identificado, sacou uma arma branca, e desferiu golpes contra Gabriel, em seguida saiu do local tomando rumo ignorado.


O jovem provavelmente sofreu um choque hipovolêmico, e Infelizmente  acabou  falecendo no local, durante o decorrer do dia deste domingo, fotos em redes sociais mostravam um jovem que teria assassinado Gabriel, vale lembrar que até momento, nenhum órgão de segurança pública apontou ou confirmou que de fato ele é o responsável pela execução do crime, possivelmente ainda esta semana, pessoas próximas a vítima poderão ser convocadas para depor, a policia civil está investigando o caso
Do Blog f5 acailandia

domingo, 24 de maio de 2020

Condutor embriagado colide na traseira de motocicleta e duas pessoas morrem na BR 010

No início da noite de sábado (23), no km 230 da BR-010, município de Governador Edson Lobão/MA, ocorreu um acidente tipo colisão traseira, que resultou na morte dos dois ocupantes de uma motocicleta.

Os ocupantes de uma moto Honda/Pop100 de placa do município de João Lisboa/MA, seguiam o fluxo, quando foram surpreendidos por um automóvel Chevrolet/Onix 10Mt Joye, cor prata, de placa do município de Canaã dos Carajás/PA, que colidiu violentamente na traseira da moto. Os ocupantes da moto caíram na via e vieram a óbito.

A PRF fez o teste do bafômetro no condutor do Ônix, que acusou embriaguez ao volante. O aparelho registrou 0.48 mg/l. O motorista informou que não viu a moto a frente seguindo na rodovia.

Às vítimas foram identificadas, sendo o condutor da moto Raimundo Nonato Cardoso da Silva, de 42 anos, e Susana de Lira Lima, 37 anos, passageira da motocicleta.
FONTE: PRF

Quatro tentativas de homicídio na noite de sábado em Imperatriz

Na noite de sábado em Imperatriz foram registradas quatro tentativas de homicídios, duas na Nova Imperatriz, uma Bacuri é outra Sebastião Régis, todas as vítimas deram entradas no Socorrão Municipal, as quatro vítimas têm passagem pela polícia.

Primeiro baleado identificado como Izais, têm  passagem por tráfico é roubo, ele foi alvejado com um tiro no ombro esquerdo, dois elementos em uma moto Titan branca efetuaram disparo, na Rua São Pedro, entre Pará é Iracema.
Segunda tentativa de homicídio aconteceu Rua 03, entre as Ruas  Osvaldo Cruz  Castelo Branco, Bairro Bacuri, a vítima baleada no abdômen. Terceiro caso foi Bairro Sebastião Régis, vítima socorrida pelo Samu.

A quarta tentativa de homicídio  foi na Rua Santo Antônio, entre Pernambuco é Alagoas Bairro Nova Imperatriz. Vítima de nome Luciano Pereira de Oliveira, elementos estavam veículo de cor Preta, Luciano foi alvejado com  três  disparos, das quatro baleados, duas já receberam alta médica, outras duas estão em observação.
Do Blog Norticia da foto