cuidado

cuidado
Dicas de prevenção contra o coronavírus

terça-feira, 22 de maio de 2018

Preso suspeito de integrar grupo que assaltou Supermercado Mateus

 Arlysson Cardoso Lindoso foi preso no estacionamento de um hospital da capital, local usado para esconder o veículo usado no dia do roubo ao estabelecimento comercial.
Policiais civis prenderam um homem, identificado como Arlysson Cardoso Lindoso, de 27 anos, na manhã desta terça-feira (22), no bairro do Monte Castelo. Ele é suspeito de integrar o grupo que realizou o assalto à tesouraria do Supermercado Mateus, na última sexta-feira (18), no bairro da Cohama, em São Luís.

Segundo informações da polícia, Arlysson Cardoso foi preso no estacionamento de um hospital da capital, local usado para esconder o veículo Agile, de placa OJI-8183, usado no dia do roubo ao estabelecimento comercial. Com o suspeito os policiais apreenderam, também, a quantia de R$ 1.593,00. Ele teria confessado a participação de um funcionários do supermercado na ação criminosa.
A prisão do suspeito foi decretada pelo poder judiciário. Como ele só foi preso quatro dias depois do ocorrido, a prisão não foi considerada um flagrante. A DRF instruiu procedimento, reuniu provas e representou pela prisão preventiva do mesmo, decretada pela Central de Inquéritos de São Luís.

As investigações foram realizadas pelo delegado titular do 4º DP do bairro Vinhais, Ney Anderson Gaspar com apoio do serviço de inteligência de prevenção de perdas do supermercado.

De acordo com o delegado, outras três pessoas envolvidas no assalto já foram identificadas e breve serão presas. Arlysson Cardoso foi encaminhado para o Complexo Penitenciário São Luís, em Pedrinhas, onde permanecerá à disposição da Justiça.


O assalto

A tesouraria do Supermercado Mateus, na Cohama, foi assaltada por um grupo de criminosos na manhã da última sexta-feira (18), em São Luís. De acordo com informações, o grupo teria levado uma quantia de R$ 200 mil.

Segundo testemunhas, os assaltantes usaram uniformes idênticos aos dos funcionários do supermercado para entrar em setores internos da empresa e, mesmo após a identificação do assalto, ainda existia suspeitas do grupo ainda estar disfarçado dentro do prédio.

Em nota, o Grupo Mateus informou que os assaltantes não agiram dentro da loja e não houve abordagem a clientes.

Leia nota na íntegra:

Informamos que o assalto ocorreu por volta das 11 horas da manhã. Os bandidos não agiram dentro da loja e não houve abordagem a clientes. Os assaltantes usavam uniforme da empresa e tiveram acesso ao prédio administrativo por uma das saídas de emergência. A ação foi rápida, não houve agressão a funcionários e colaboradores não foram mantidos reféns. Ainda está sendo apurada a quantia roubada e a polícia segue investigando o caso para identificar os suspeitos.
Do Blog Gilberto lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário