quinta-feira, 24 de maio de 2018

Em Imperatriz, mulheres em situação de violência recebem doação de alimentos

Evento refletiu a Lei Maria da Penha e os reflexos da ausência
 do atendimento especializado ao agressor (Foto: Patrícia Araújo)


O Centro de Referência em Atendimento à Mulher, CRAM de Imperatriz, mantido pela Secretaria Municipal de Políticas para a Mulher, SMPM, recebeu nesta quarta-feira, 23, doação de alimentos não perecíveis. Iniciativa é resultado da realização do Seminário “Políticas Públicas e a eficácia das leis para ressocialização do agressor em relação à violência contra a mulher na cidade de Imperatriz-MA”, organizado por alunos do 1º período do curso de Direito da Unisulma.

“As doações serão destinadas às mulheres atendidas pelo Cram. Participamos do seminário falando da nossa da experiência no Cram e mostrando a importância de se ter em Imperatriz um atendimento ao agressor”, explicou a assistente social Sueli Brito, coordenadora do Cram.

Evento aconteceu no último dia 15 e as inscrições eram feitas através da doação de alimentos. Atividade contou com a presença da promotora especializada em Defesa da Mulher , Alline Matos Pires, e serviu como um momento de reflexão sobre a eficácia da Lei Maria da Penha e os reflexos da ausência dos serviços que deveriam ser oferecidos em um Centro de Responsabilização do Agressor.
 Da Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário