sábado, 27 de maio de 2017

Militar atende ocorrência na BR 316 e reconhece parente entre as vitimas fatais

A Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) atenderam uma ocorrência de um acidente na tarde desse sábado (27),  que acabou vitimando fatalmente o pai Antonio Cleiton Santana, de aproximadamente 20 anos e seu filho Antonio Cleiton Santana Filho, de 9 anos, na rodovia BR-316, na altura da casa de Custódia zona Sul de Teresina.

De acordo com as primeiras investigações, os três ocupantes estavam na motocicleta, quando o piloto ultrapassou o ônibus, momento em que o pneu da motocicleta estourou e a família foi atropelada por um ônibus que seguia no mesmo sentido. Os três foram arrastados por cerca de 300 metros, pai e filho morreram ainda no local. A mulher, de iniciais S.S.A, de 26 anos, esposa e mãe das vítimas, quebrou o braço e foi atendida pelos paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) e levada para atendimento médico no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

As vítimas eram a filha, genro e o neto do tenente A.Filho, da Companhia Independente do Promorar. O oficial passou mal ao chegar no local do acidente para atender a ocorrência e reconhecer seus familiares entre as vítimas fatais. O impacto da colisão foi tão forte que a motocicleta ficou presa embaixo do ônibus. Os corpos de pai e filho ficaram jogados na BR até a chegada dos peritos do Insituto Médico Legal (IML), que realizaram a remoção.

Segundo relatos, Antonio Cleiton não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O motorista do ônibus permaneceu no local  durante todo o trabalho da polícia e prestou esclarecimentos às autoridades.
Fonte: Portal Meio Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário