cuidado

cuidado
Dicas de prevenção contra o coronavírus

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Gasolina custará até R$ 2,14 no ‘dia sem impostos’; veja em quais estados

No dia 1.º de junho acontece a 9.ª edição do Dia da Liberdade de Impostos (DLI), uma iniciativa organizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem) que tem por objetivo atrair a atenção da sociedade pela alta carga tributária no país.
E uma das ações é a redução no preço do litro da gasolina em até R$ 2,14, como será o caso do Distrito Federal, onde o combustível custa em média R$ 3,51.
Segundo a entidade, o valor menor citado acima seria o aceitável caso não incidissem pesados tributos estaduais e federais. Atualmente, o preço médio da gasolina praticado no Brasil é de R$ 3,39.

O Paraná também pretende aderir ao movimento da ‘gasolina mais barata’ no dia 1.º. A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Paraná irá conversar com o setor para se organizar a tempo de participar da ação nacional.
“Tomei conhecimento só na última sexta-feira (19). Temos um prazo curto para mobilizar a classe, mas somos favoráveis e queremos um movimento forte”, disse Samuel de Mattos Jr., presidente da FDCL Paraná, que prometeu para a próxima quinta-feira (25) uma definição se o estado adere ou não ao ‘dia sem impostos’
Em Curitiba, o preço da gasolina gira em torno de R$ 3,29, conforme levantamento da Agência Nacional do Petróleo.
O  Dia da Liberdade de Impostos será realizado em 12 estados, mais o Distrito Federal.
Confira os participantes:
·         Amazonas
·         Amapá
·         Bahia
·          Ceará
·         Distrito Federal
·         Espírito Santo
·         Goiás
·         Mato Grosso
·         Minas Gerais
·         Pernambuco
·         Rio de Janeiro
·         Rio Grande do Sul
·         Santa Catarina
De acordo com a CDL Jovem, cerca de 40% dos rendimentos dos cidadãos são destinados a pagar tributos.  O índice é semelhante ao de países desenvolvidos, com a diferença de que por aqui o retorno do que se recolhe é muito baixo, especialmente na área de saúde, educação e segurança, ressalta a entidade.
A  bandeira da campanha é defender a simplificação tributária no Brasil, com a adoção de imposto único – ou medida similar. Para a CDL Jovem, tal medida tornaria o cálculo mais fácil, e, consequentemente, os cidadãos teriam recursos para exigir a diminuição da carga.
“Assim, todos ganham: o país fica mais interessante para as empresas operarem aqui, o que leva ao aumento da concorrência, que, por sua vez, aumenta a oferta de empregos e o consumo”, argumenta o comunicado divulgado pela Câmara.
No ‘dia sem impostos’, cada consumidor poderá abastecer até 20 litros e o pagamento deverá ser feito exclusivamente em dinheiro.
 “Os impostos não deixarão de ser pagos, mas esse custo será bancado pelos patrocinadores, e não repassado aos consumidores”, explica Paganini. “Não se trata de uma promoção, mas de uma ação para conscientizar.”
A CDL Jovem explica que a ação no dia 1.º de junho simboliza a data em que se deixa de trabalhar apenas para quitar os tributos com o governo. “No Brasil, são necessários 145 dias de trabalho no ano para pagar os impostos federais, estaduais e municipais", finaliza a entidade.
Região Norte tem o combustível mais caro
A empresa Ticket Log, que atua no segmento de gestão de despesas corporativas, faz mensalmente um levantamento do custo médio dos combustíveis nos postos brasileiros. O  Índice de Preços Ticket Log (IPTL) de abril cotou a gasolina a R$ 3,82 e o etanol R$ 3,28 o litro.
A Região Norte registrou os maiores valores do país. No Acre, o preço médio da gasolina chegou a R$ 4,27/l, enquanto o etanol fechou a R$ 3,83/l no Pará. São Paulo permaneceu, mais uma vez, como o estado mais vantajoso para os motoristas, com a gasolina em R$ 3,51/l, e o etanol, em R$ 2,45/l.
Confira a relação dos preços médios em cada região no mês de abril, segundo a Ticket Log. Fonte:gazetadopovo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário