cuidado

cuidado
Dicas de prevenção contra o coronavírus

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Socorro! Incendiários voltam a atacar ônibus agora pela manhã desta sexta-feira mesmo depois de ontem a Polícia prende sete, incluindo duas mulheres, que incendiaram quatro ônibus


Apesar da prisão de sete bandidos nesta madrugada, incluindo duas mulheres,  os criminosos voltaram a atacar mais ônibus na manhã desta sexta-feira. Um novo grupo tacou fogo em um coletivo que serve a linha do João de Deus, mas o motorista conseguiu debelar o incêndio com um extintor.

Hoje cedo, o secretário de Segurança Pública, delegado Jefferson Portela, tranquilizou a população de que a polícia estará de prontidão para evitar nos episódios iguais aos ocorridos na noite de ontem quando atearam fogo em cinco ônibus, sendo nas pardas finais da Cidade Operária, Maiobão, Vila Roseana Sarney, e Raposa e Liberdade.

A polícia já descobriu que a ordem partiu de dentro do presídio de Pedrinhas por uma facção criminosa  que se diz revoltada por maus tratos e torturas.

Na mesmo noite de ontem, quando quatro ônibus foram incendiados por bandidos pertencentes a uma facção criminosa que toca o terror na capital, o governador esteve reunido com a cúpula da Secretaria de Segurança Pública e horas depois sete pessoas foram presas, sendo duas mulheres e cinco homens. Eles foram presos quando tentavam incendiar outros ônibus na Forquilha em um carro roubado onde estavam guardados galões com gasolina.
 
O Governo do Estado soltou nota oficial garantindo a segurança e mostrando as ações práticas da polícia. Vejam abaixo a nota, a imagem da reunião governamental e a foto dos bandidos: 

Nota Oficial

Os episódios de incêndios criminosos a ônibus estavam há mais de 17 meses sem ocorrer. Neste período, foi feita a opção clara de enfrentar as facções criminosas, resultando em sucessivas apreensões de grande quantidade de armas e drogas. Além disso, o Estado recuperou sua autoridade sobre o sistema penitenciário.

Tais medidas geram reações de vários tipos, entre os quais eventos como os de ontem.

Informamos que os bandidos que determinaram e executaram tais ações já foram localizados e sofrerão as penas previstas em lei.

Além disso, tranquilizamos a todos em face de grande mobilização das forças de segurança realizada desde ontem e que continuará hoje, inclusive no período noturno.

Alertamos que uma das técnicas dos bandidos envolve a disseminação de pânico por mensagens falsas via WhatsApp, exatamente para tentar mostrar força diante da firme ação do Estado.

Pedimos que as pessoas de bem não espalhem tais mensagens, baseando-se apenas nas informações e orientações emanadas das autoridades policiais.

O Governo do Estado tem investido muito no fortalecimento das nossas Polícias, com mais policiais, armas e viaturas. Esse processo é contínuo e progressivamente vai resultar no fim dessas ações de grupos de crime organizado que, infelizmente, atuam há muitos anos no Maranhão.

A força da lei, das pessoas de bem e da Polícia  vai vencer.
Por.  Luis Cardoso



Nenhum comentário:

Postar um comentário