cuidado

cuidado
Dicas de prevenção contra o coronavírus

domingo, 15 de maio de 2016

O bebé taxista falar sobre a conversa que aconteceu com prefeito Sebastião madeira a respeito dos táxi-lotação

 O bebé taxista falou ai esse humilde blogueiro que deve uma conversa muita dura com o prefeito Sebastião madeira a respeito dos taxis de lotação onde depois de varias tentativas ele junto com uma comitivas de vários taxista foram recebido e estiveram de frente com o prefeito Sebastião madeira.


Bebé taxista vem a dizer que os taxista de lotação já estão começando a vencer algumas dificuldades que eles mesmo estavam passando onde o prefeito Sebastião madeira nos atendeu nas liberações dos carros de forma mais rápido, pois quanto os carros eram aprendido passava de 12 a 15 dias apreendidos agora ele pediu para o secretário de trânsito Barros faça com mais rapidez e libere os carros para seus devidos proprietários.

Sobre o processo administrativo que ta sobre carros ele disse que não pode fazer nada mais que vai analisar pelo menos os casos de não caça os alvarás mais que a suspensão estão mantidas como pelo exemplo tem alvará de táxi  La suspenso por mais de 30 dias em palavras o mesmo prefeito Sebastião madeira falou que não aceita o serviço de táxi de lotação no governo dele.

Bebé falou que as conquista embora ter sido pequena agora e esperar por venturas ele forem julgar os alvarás de taxista que estão em processo administrativo e não caça nenhum alvará ai sim já foi uma grande conquista significativa, que na verdade e essa que os taxista estão esperando.

Veja Essa matéria também por Gil Carvalho

Madeira recebe taxistas e autoriza liberação de veículos apreendidos

Prefeito reiterou que o município manterá intensa fiscalização contra o transporte clandestino de passageiros em Imperatriz

Imperatriz – O prefeito Sebastião Madeira, acompanhado do Procurador-geral do Município, Gilson Ramalho, recebeu na manhã dessa sexta-feira (13) uma comissão de taxistas que explorava o serviço denominado “táxi-lotação” em Imperatriz.

Na ocasião, Ramalho explicou que os taxistas entregaram ao prefeito uma pauta de reivindicações com três itens: celeridade dos processos administrativos que foram instaurados pelo município; a liberação dos veículos que foram apreendidos e a suspensão da fiscalização contra o transporte de “táxi-lotação”.

“Nós tivemos uma conversa transparente e tranqüila, onde o prefeito acatou a opinião da Procuradoria Geral do Município que fizesse a imediata liberação dos veículos apreendidos”, disse ele, ao informá-los que os processos administrativos estão tendo celeridade, sendo que o primeiro lote de processo foi encerrado e encaminhado ao gabinete do prefeito Madeira.


Segundo ele, o prefeito deverá ratificar a decisão da comissão que analisou os processos administrativos. E ponderou que o “município não abrirá mão da fiscalização contra o transporte clandestino de passageiros, pois esse é um poder de polícia da Prefeitura de Imperatriz”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário