cuidado

cuidado
Dicas de prevenção contra o coronavírus

sábado, 26 de março de 2016

BAILARINA QUE FOI MORTA POR ASSALTANTE AO TENTAR DESVIAR DE BURACOS DA BR-135

A bailarina Ana Lúcia Duarte Silva, de 51 anos, levou seis tiros de espingarda na madrugada deste sábado (26) após desviar dos buracos na BR-135, próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Ana Lúcia estava acompanhada de uma amiga, que não se feriu. Elas estavam voltando para a capital vindo de Igaraú, por volta das 3h30. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).Segundo testemunhas que estavam no local, os disparos foram efetuados por três adolescentes que fugiram após roubar os pertences da vítima. Ainda não se sabe se a motorista teria reagido ao assalto.

 Ana Lúcia era reconhecida pelo seu trabalho na dança e movimentos culturais. Além de professora de história e bailarinha, ela compunha o corpo de baile do Tambor do Mestre Amaral, um dos grupos do Tambor de Crioula.

Buraqueira
No último domingo (20), uma adolescente de 16 anos também morreu em decorrência dos buracos na pista da BR-135. Francelia Silva e Silva estava na garupa de uma motocicleta que conduzida pelo companheiro. Ele reduziu a velocidade ao se aproximar de um buraco na pista, quando houve um choque, Francelia caiu e foi atropelada.

 Do G1 MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário