cuidado

cuidado
Dicas de prevenção contra o coronavírus

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Flávio Dino se apropria de obras do governo passado, diz Adriano Sarney

Ao ocupar a tribuna, na manhã desta quarta-feira (26), o deputado Adriano Sarney (PV) declarou que o atual governo está anunciando como se fossem suas obras planejadas e iniciadas no governo anterior.

“Gostaria hoje de denunciar aqui o que eu considero ser a maior apropriação indébita de obras que o Maranhão já presenciou”, afirmou o deputado. Ele citou como exemplo o programa Mais Saneamento Básico, anunciado pelo governador Flávio Dino. “É muito fácil pegar obras do governo passado e trocar o nome, colocar o “Mais” na frente e dizer que são iniciativas do atual governo”, frisou Adriano Sarney.

Ele acrescentou que desde o governo passado já estava em andamento um programa de saneamento básico que vinha se viabilizando graças aos esforços da então governadora Roseana Sarney e do então secretário de Saúde, Ricardo Murad: “Eles levantaram R$ 300 milhões em Brasília para o pacto de saneamento básico. O próprio ex-ministro Gastão Vieira viabilizou, enquanto ministro do Turismo, recursos. Recursos esses que estão sendo utilizados agora no Rio Calhau e no Rio Pimenta. 

A obra do governo atual é com recursos do Ministério do Turismo, angariados no governo passado”.
Adriano Sarney citou também como exemplo a Estação de Tratamento de Esgoto do Vinhais, iniciada junto com as obras da Via Expressa. “Aquela obra está 90% pronta. Aí vão pegar as obras meio caminho andado, meio caminho não, 90% do caminho andado, vão dizer que todas as melhorias são do governo atual, que são do Mais Saneamento Básico”, discursou Adriano Sarney na tribuna.

O deputado observou que todos os recursos que o atual governo está usando, em programas como ‘Mais Asfalto’ e ‘Mais Saneamento Básico’, são oriundos do caixa deixado pelo governo passado, mediante financiamento do BNDES.

Por Gilberto Léda

Nenhum comentário:

Postar um comentário