cuidado

cuidado
Dicas de prevenção contra o coronavírus

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Candidato a deputado que rompeu com Lobão Filho é alvejado a tiros em Timon

Na última segunda-feira, 22, Borges rompeu com os candidatos a governador Lobão Filho e senador Gastão Vieira, ambos do PMDB, comunicando publicamente na sua página no Facebook

Um elemento armado de revólver e encapuzado tentou matar na madrugada desta quarta-feira (24), o candidato a deputado estadual pelo PSL de Timon, Francisco Borges.

O indivíduo disparou tiros contra o candidato sendo que uma das balas atingiu o peito esquerdo do candidato(veja foto ao lado conseguida com um parente do candidato). A tentativa aconteceu quando Francisco Borges chegava em casa, no bairro Santo Antonio, por volta das 3 horas da manhã.

O candidato está internado no Hospital São Paulo em Teresina.

Fora de perigo já que a bala não atingiu nenhum órgão vital, Borges explicou como aconteceu. De acordo com ele, o indivíduo somente não conseguiu lhe matar porque estava muito próximo e conseguiu lhe agarrar após o primeiro disparo. O candidato diz que enquanto segurava a arma tentando impedir que sofresse novos tiros, o indivíduo disparou várias vezes o revólver, mas nenhuma das balas seguintes conseguiu lhe atingir.

Francisco Borges contou que o elemento fugiu logo após perceber que o revólver não tinha mais bala.

A integridade física do candidato a deputado estadual preocupa amigos e parentes dele. De acordo com eles, Francisco Borges fez nos últimos meses vários desafetos por conta de suas duras posições políticas. Suplente de vereador, no ano passado ele chegou a assumir o mandato por alguns meses.

Oriundo da base de apoio da ex-prefeita, neste ano, ele vinha também sofrendo duras críticas de aliados do grupo de Socorro Waquim e Sétimo Waquim por conta de sua decisão em ser candidato a deputado estadual. Os waquinianos queriam ele apoiando a candidatura da ex-prefeita para deputada estadual e Sétimo para federal, o que não ocorreu.


Na última segunda-feira, 22, Borges rompeu com os candidatos a governador Lobão Filho e senador Gastão Vieira, ambos do PMDB, comunicando publicamente na sua página no Facebook, onde gerou uma grande polêmica. Disse que os deixou por conta da falta de respeito e atenção que as duas candidaturas não tinham respeito e atenção com Timon. Até agora o fato é muito estranho e gera-se muitas especulações sobre o ocorrido. 
Por. Blog do Elias Lacerda

Nenhum comentário:

Postar um comentário