cuidado

cuidado
Dicas de prevenção contra o coronavírus

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Polícia realiza operação para prender o principal suspeito do crime contra o funcionário da Delegacia de Codó

 A Polícia Civil não descarta a possibilidade de que José Antonio Salazar, conhecido por MARCELO, tenha sido morto por um homem com quem a vítima mantinha relacionamento, essa é a linha de investigação que está sendo realizada pela Polícia Civil de Codó, com o objetivo de identificar e prender o assassino.
Colegas de trabalho teriam ouvido uma conversa de Marcelo com alguém via telefone ontem pela manhã na Delegacia. Na conversa, as testemunhas ouviram Marcelo dizer que alguém já teria chegado em Codó e quando encerrasse o expediente dele, almoçariam juntos na casa da vítima.


Marcelo era homossexual assumido e para a Polícia, o principal suspeito é o companheiro da vítima, identificado por ANDERSON, morador de Caxias. O delegado Regional, Rômulo Vasconcelos já mobilizou as Polícias de Codó, Caxias e Timon com o objetivo de encontrar, o que para a Polícia é o assassino.
Segundo a Polícia, Anderson era usuário de drogas e já havia sido preso em Codó e também na cidade de Caxias, onde mora. Outra informação colhida pela Polícia Civil é que a vítima e o acusado não estavam num bom momento do relacionamento devido a uma suspeita de que o acusado teria praticado um furto.

por falando serio

Nenhum comentário:

Postar um comentário