sábado, 16 de agosto de 2014

Caso grave. Bombeiros são acusados de agredirem crianças de Imperatriz

Bombeiros Militares do Maranhão são acusados de agredir um grupo de crianças da cidade de Imperatriz, que participam dos jogos escolares em São Luís.

Na noite de ontem (15), os garotos – atletas da Escola Maria das Neves de Imperatriz que estão hospedados no Ipem com a delegação da cidade participando dos jogos escolares na categoria infantil -, saíram para dar uma volta. No retorno, no caminho das dunas, se depararam com um grupo de bombeiros, que estava em treinamento.

De acordo com informações, um material de treinamento havia sido roubado e os bombeiros deduziram que as crianças imperatrizenses poderiam ter cometido o delito. Os bombeiros militares correram atrás dos meninos, todos na faixa de 12 a 14 anos e, de acordo com Boletim de Ocorrência registrado no Plantão Central da Polícia Civil (Plantão da Refesa), agrediram as crianças.

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, repudiou a atitude dos militares e disse que chegaram a quebrar uma ripa nas costas de uma criança. “Já conversei com o secretário de Segurança pedindo providências. Caso não seja tomada nenhuma medida, eu retirarei os atletas dos jogos escolares”, disse o prefeito, que está dando assistência aos meninos. O deputado federal Simplício Araújo e o vereador de Imperatriz, Rildo Amaral estão acompanhando o caso.


O secretário de Estado do Esporte e Lazer, Joaquim Haickel também esteve na delegacia prestando apoio às vítimas. “Um levantamento será todo feito para averiguar as responsabilidades. O governado do Estado irá apurar e quem cometeu as irregularidades será punido”, disse. 
Por.JONH cutrim

Nenhum comentário:

Postar um comentário